fbpx

Conheça o Pix e entenda as diferenças entre Pix, TED, Boletos e Cartão de Crédito

Rosário > Notícias > Notícias > Conheça o Pix e entenda as diferenças entre Pix, TED, Boletos e Cartão de Crédito

Conheça o Pix e entenda as diferenças entre Pix, TED, Boletos e Cartão de Crédito

  • Postado por: 77web

O Banco Central do Brasil desenvolveu uma ferramenta totalmente nova para transferência de dinheiro e pagamentos em tempo real, chamada de Pix. O Pix vai, além de agilizar as transações financeiras, simplificá-las e torná-las muito mais acessíveis.

Atualmente, os meios de pagamento disponíveis são o Boleto Bancário, Cartão de Crédito e a TED/DOC.
O Boleto atualmente pode ser pago através de qualquer Internet Banking, incluindo aplicativos no celular. Contudo, a compensação dele leva até 3 dias para entrar em conta.

O Cartão de Crédito também é utilizado através dos celulares e tem a confirmação de compra quase instantânea, porém o repasse dos valores pela administradora do cartão pode levar dias, sem contar as taxas que são cobradas por isso.

Já a TED e o DOC, são transferências mais rápidas, mas ainda esbarram em limitação de horários e muitas vezes podem levar dias até serem reconhecidas pelo banco, além da necessidade de preenchimento de várias informações como nome, agencia, conta, CPF e etc.

Para resolver todos esses entraves, o Pix será uma nova maneira de transferir dinheiro em tempo real, 24h por dia, todos os dias da semana, sem taxas, através de qualquer smartphone habilitado. Para isso, precisará apenas de uma chave, que poderá ser o nº de telefone, CPF ou email de cada usuário. Apenas com essa chave, será possível transferir os valores para as outras pessoas.

Essa novidade deve mudar radicalmente o modo como lidamos com as transferências. Por conta da pandemia, aceleramos o processo de uso dos meios digitais. Essa desaceleração do uso do papel-moeda gera mais segurança e transparência para todo mundo.

Os cadastros para utilizar o Pix começam no dia 5 de outubro, no site do Banco Central. O sistema começará a funcionar no dia 16 de novembro.

Deixe uma resposta